FANDOM


Esse artigo é sobre o filme de 1973. Talvez você esteja procurando pela série de televisão de 2016, pelo local ou pela franquia como um todo.

Westworld - Onde Ninguém Tem Alma é um filme americano de ficção científica de 1973, escrito e dirigido por Michael Crichton e produzido por Paul N. Lazarus III. Nele, o mau funcionamento de um robô é responsável por criar terror e caos em um parque de diversões futurista. O longa-metragem foi o responsável pelo início da franquia.

Enredo

Num futuro próximo, um parque de diversões para adultos altamente tecnológico e realista chamado Delos expõe três "mundos" temáticos: o Mundo do Oeste (retratando a fronteira dos Estados Unidos em 1880), o Mundo Medieval (reconstruindo a Europa do século XIII) e o Mundo Romano (retratando a antiga cidade romana de Pompeia). Cada um desses "mundos" é habitado por androides praticamente indistinguíveis dos seres humanos, programados para tornar os ambientes mais naturais e realistas. No parque, as pessoas podem fazer o que quiserem, incluindo matar e ter relações sexuais com os androides. O filme se inicia introduzindo Delos por meio de um repórter, Ed Ramsey, que entrevista as pessoas que acabaram de sair do parque e que aparentam estar muito satisfeitas.

Enquanto isso, um hovercraft parte em direção a Delos. Nele está um visitante em sua primeira ida ao parque, Peter Martin, acompanhado de seu amigo já experiente John Blane. Por ser sua primeira experiência, Peter faz várias perguntas sobre as armas e roupas usadas no ambiente. Os passageiros da aeronave são identificados por cores que sinalizam o resort para onde vão, com vermelho, azul e amarelo representando os Mundos Medieval, do Oeste e Romano. Após o pouso, eles são levados para vestirem roupas apropriadas para o "mundo" que escolheram.

Os hóspedes são levados ao Mundo do Oeste em uma carruagem. Peter e John se instalam em um hotel, e Peter nota logo que os aposentos são desconfortáveis. John explica que é isso que faz o parque ser autêntico e preciso historicamente, além de mostrar que os androides podem ser identificados pelos cortes em suas mãos. A dupla vai a um bar do vilarejo, onde um dos clientes começa a provocar Peter. O hóspede o desafia para um duelo e o mata, mas fica com medo de ter assassinado uma pessoa de verdade. John o desafia a atirar nele, mas quando Peter puxa o gatilho a pistola falha. Ele explica que as armas têm um sensor de temperatura corporal que impede que os hóspedes se matem, podendo apenas atirar nos robôs.

Após chegar ao bordel da Srta. Carrie, Peter vai ao quarto com Arlette, uma prostituta francesa. Porém, durante a relação, os olhos dela começam a brilhar de forma suspeita. Durante a noite, enquanto todos os hóspedes dormem, uma equipe de funcionários da Delos vai remover os corpos atingidos em um tiroteio mais cedo. Os androides danificados são levados até aos técnicos, que notam problemas começando a se espalhar como uma doença entre os robôs: as máquinas dos Mundos Romano e Medieval começaram a apresentar falhas no sistema, e provavelmente a alastraram para o Mundo do Oeste. Após outros cientistas zombarem da analogia, o supervisor chefe comenta que muitos dos robôs foram programados por outros computadores, e que portanto ninguém sabia ao certo como eles funcionavam.

No dia seguinte, Peter acaba sendo preso por alvejar o Pistoleiro novamente. John tem a ideia de esconder uma bomba na refeição de Peter, que explode na prisão e permite que ele fuja. Antes de irem a um deserto, John mata o xerife, e outro hóspede decide substitui-lo. O funcionamento defeituoso dos androides começa a se agravar quando, no deserto, uma cobra consegue morder John. Ao mesmo tempo, no Mundo Medieval, uma androide recusa a sedução de um hóspede. Os diretores discutem se fechar o parque seria a melhor solução para resolver esses problemas, mas consideram que os clientes poderiam perder a confiança.

A falha nos sistemas se agrava quando os técnicos não conseguem manter o controle do cavaleiro negro durante uma luta de espadas no Mundo Medieval, o que ocasiona a morte do hóspede desafiante. Os supervisores tentam recuperar o comando desligando a energia do parque inteiro. No entanto, o desligamento faz com que todas as portas se fechem, impedindo que eles consigam fugir. Os robôs dos três "mundos" começam a operar com a reserva de energia. Enquanto isso, Peter e John acordam no bordel após uma briga de bar, sem saber do grande colapso pelo qual o parque estava passando. Quando o Pistoleiro aparece novamente e desafia John para um duelo, ele pensa que se tratava apenas de uma atração do parque e acaba sendo baleado e morto. Peter começa a correr e é seguido implacavelmente pelo robô.

Peter foge para outras áreas do parque, mas encontra apenas clientes mortos e robôs danificados. Um dos técnicos de Delos entra em pânico e tenta fugir, mas é baleado pelo Pistoleiro. Peter continua vagando pelo parque na tentativa de despistar o robô e, ao descer por um bueiro no Mundo Romano, descobre que os técnicos de computação do resort sufocaram até a morte após o desligamento de energia. Ele entra num laboratório de reparação de robôs, enquanto o Pistoleiro continua o seguindo pelos corredores subterrâneos. Quando o androide entra na sala, Peter finge ser um robô, joga ácido em seu rosto e foge.

Com a visão danificada pelo ácido, o Pistoleiro tenta encontrar o hóspede com seus scanners infravermelhos. Peter volta a superfície dentro do castelo do Mundo Medieval e se esconde atrás de tochas do salão, mascarando sua presença. Quando o Pistoleiro se aproxima, Peter derruba uma das tochas nele e o incendeia. A carcaça carbonizada do robô tenta o atacar nas escadas da masmorra, antes de sucumbir ao seu destino. Peter senta nos degraus, chocado e exausto, enquanto o slogan de Delos ecoa em sua mente.

Elenco

Curiosidades

  • Westworld - Onde Ninguém Tem Alma foi o primeiro longa-metragem a usar o processamento digital de imagem, pixelizando a fotografia para simular o ponto de vista dos androides.
  • O filme descreve precisamente um vírus de computador antes mesmo de sua existência no mundo real.

Links Externos